Suas fotos ficarão guardadas no DNA?

Data:

fotos-dna-1

Guardando informações no DNA

 

O DNA é a forma mais eficiente e estável (e ainda bem que não é 100%) de armazenamento de informação na natureza. Não é à toa que todas as informações necessárias para o desenvolvimento é mantida no DNA. Mas já imaginou usar toda essa eficiência e estabilidade para armazenar também os dados que produzimos?

 

Nos últimos anos o interesse em desenvolver formas de guardar a informação no DNA vem crescendo muito. Grande e pequenas empresas têm investido muito para diminuir os custos para a síntese artificial de DNA (gerar informação) e para o sequenciamento - fundamental para a leitura da informação. 

 

Mas para quê complicar o que já é bastante complicado? Simples! O DNA possui vantagens que podem revolucionar a maneira como lidamos com a informação. Podemos guardar, em princípio, toda a informação gerada por todos os seres humanos em uma única sala. E o futuro não está tão longe: em 2019 uma empresa americana conseguiu armazenar os 16GB de dados de toda a Wikipedia no DNA! 

 

Mas como fazer isso? Basicamente o desafio é codificar as sequencias de 0s e 1s  do código binário em As, Ts, Cs e Gs. A maneira mais simples é associar as quatro combinações possíveis de duplas para cada nucleotídeo. Depois disso é “só” criar mecanismos de sintetizar e sequenciar o DNA para realizar os processo de escrita e leitura. 

 

  1. A densidade de armazenamento de dados no DNA é cerca de 6 ordens de grandeza maior que a melhor mídia disponível para gravação.

  2. Hoje a expectativa de vida de um HD é de 5 anos… mas com alguns cuidados básicos o DNA pode ser armazenado por milhares e até milhões de anos!

  3. A necessidade de troca de mídias devido à baixa expectativa de vida pode ser eliminada se o DNA estiver armazenado em organismos vivos. Manter uma cultura de bactéria é barato e o ciclo de replicação muito rápido.

Para saber mais: 

 

Molecular digital data storage using DNA

DNA pode ser a nova mídia de armazenamento

How we can store digital data in DNA | Dina Zielinski

Última atualização: Nov. 4, 2020, 5:32 p.m.

Posts Relacionados